O que é um Nobreak e para que serve

O nobreak é um equipamento alimentado através de bateria que fornece aos aparelhos eletrônicos uma energia limpa e sem interrupções, principalmente durante uma queda de energia, evitando maiores danos aos produtos. Além disso, oferece proteção contra curto circuitos, picos de tensão, sub e sobretensão, sobrecarga e descarga da(s) bateria(s).

Cada modelo de nobreak possui uma potência específica, que geralmente varia de 500 VA até 3200 VA (volt àmpere) e deve ser respeitada para garantir uma maior funcionalidade do equipamento. Portanto, não é recomendado colocar aparelhos que excedam a potência do próprio nobreak, nem ligá-los com benjamins ou extensões, pois pode prejudicar o desempenho e o tempo de autonomia do nobreak.

Ao manter os aparelhos funcionando por um período de tempo durante um blecaute, ele permite que o usuário salve seus documentos importantes e desligue os equipamentos da maneira mais segura possível. Os nobreaks podem ser utilizados em diversos locais, como residências, hospitais, comércios, escritórios e indústrias e com diversos aparelhos, como microcomputadores e servidores de rede.

Neste link você poderá assistir ao vídeo “Como Funciona um Nobreak por Dentro?” no Canal da TS Shara.

Quais os tipos de nobreak e suas funções

Existem basicamente três modelos de nobreak, o off-line, o linha-interativa e o on-line.

O off-line ou standby aciona sua bateria previamente carregada quando há quedas de energia e alimenta os aparelhos conectados nele. Embora seja básico, possui baixo custo, é compacto e tem um alto desempenho, sendo mais recomendado para pequenos aparelhos, de escritórios ou de residências.

O de linha-interativa é parecido com o nobreak off-line, mas possui um detalhe importante: tem circuitos que estabilizam a tensão da rede elétrica antes de liberá-la em sua saída. Assim como o offline, em casos de falta de energia o circuito inversor passa a atuar utilizando a energia previamente armazenada na bateria.

Nobreak on-line: Este tipo de nobreak sempre gera sua própria onda senoidal através da energia que obtém da sua entrada. Também utiliza parte dessa energia para recarregar as baterias quando necessário.

Como o inversor está sempre ativo, não existe tempo de transferência entre o modo rede e o modo bateria. É recomendado para cargas mais sensíveis ou críticas, como em equipamentos hospitalares, automações comerciais, residenciais e bancárias e servidores de rede. Cada aparelho eletrônico possui uma determinada especificidade, portanto é importante analisar com qual tipo de nobreak ele se enquadra melhor. Vale ressaltar que as baterias que alimentam os dispositivos têm vida útil e devem ser trocadas periodicamente.

Para saber mais, assista ao vídeo Para que Serve um Nobreak?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *