Faltou energia? Veja como evitar a perda de eletrodomésticos

Conheça os principais cuidados e os dispositivos que podem ser utilizados para proteger seus equipamentos em caso de instabilidade na rede elétrica

odos os anos países registram inúmeras quedas de energia elétrica, que prejudicam milhares de pessoas. Pouco antes das 16h da última quarta-feira (16), cidades do Amapá voltaram a registrar um apagão total, com a suspensão do fornecimento de energia elétrica. Segundo a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), a falha aconteceu em uma das linhas de transmissão. Este é o quinto apagão no estado desde novembro de 2020, quando os cidadãos chegaram a ficar mais de 20 dias com problemas no fornecimento de energia.

Diante desse caso, um alerta é levantado para moradores dessa e outras regiões do país: como evitar que equipamentos eletroeletrônicos não sejam afetados por problemas na rede elétrica?

De acordo com Pedro Al Shara, CEO de uma fabricante nacional de equipamentos de proteção de energia, em situações como essa a recomendação é desligar os disjuntores e só religá-los após se certificar que a energia voltou.

“Quando ocorre uma queda de energia, o aparelho é submetido a picos de eletricidade e isso é o que faz o equipamento queimar. Caso não seja possível desligar os disjuntores, é recomendável tirar todos os equipamentos eletrônicos da tomada, especialmente televisores, computadores, geladeiras e máquinas de lavar roupa, que podem ter suas fontes internas danificadas dependendo da gravidade do surto”, explica Al Shara.

De acordo com o especialista, “o ideal mesmo seria contar com alguns dispositivos que ajudam a otimizar a rede elétrica nessas situações de risco”. Além da instalação de um DSP (dispositivo de proteção contra surtos) no quadro de energia da residência, o uso de estabilizadores e nobreaks também garante a proteção contra inconsistências de energia e diminuem sensivelmente os prejuízos em caso de curto-circuito e outros problemas.

PUBLICIDADEhttps://de9f6663da03da99b51e1d263467cf88.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O nobreak oferece energia adicional para realizar o desligamento seguro de equipamentos, além de proteger contra curto-circuitos, picos de tensão, sub e sobretensão e descarga de bateria, amenizando danos e permitindo salvar dados importantes. Já os estabilizadores, como o próprio nome diz, ajudam a estabilizar a tensão caso aconteça alguma alteração na rede elétrica, transformando as tensões altas e baixas em constantes e estáveis.

Confira algumas dicas de cuidados:

– Se ocorrer um apagão, desligue todos os aparelhos (no botão Desligar ou retire da tomada);

– Não mexa em aparelhos durante chuvas ou raios. Se for necessário, retire primeiro da tomada;

– Não se deve entrar em contato com aparelhos de metal protegidos por cabos, como facas e alicates;

– Em um problema de grande escala, como a queda de um poste, bombeiros devem ser acionados através do 193;

– No caso de algum equipamento ter sido danificado, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) conta com um regulamento que prevê o ressarcimento do consumidor em casos de oscilação de tensão.

Publicação original: Diário Online do Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *