Período de estiagem pode impactar sua rede elétrica. Saiba como proteger seus dispositivos eletrônicos

Nobreaks e estabilizadores de tensão protegem equipamentos eletrônicos em caso de instabilidade na rede elétrica

São Paulo, 27 de setembro de 2017 – Durante os meses de inverno além de nos preparar para o frio em diversas partes do Brasil, também é o período de menor volume de chuvas e de maior atenção aos reservatórios de água das hidrelétricas do país. Este ano, desde o mês de agosto, as contas de energia elétrica operaram com a bandeira vermelha, sendo que Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou no de 29 de setembro que pela primeira vez será implementada a bandeira tarifada vermelha nível 2. As tarifas servem de alerta para a escassez de chuva e a necessidade de uso das termelétricas para complementar o fornecimento de energia. A falta de chuvas, temperaturas elevadas e umidade baixa que se instalou, principalmente na Região Sudeste, vislumbram um cenário pouco animador.

Para se ter uma ideia do quadro, já na primeira semana do mês de setembro, o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) reduziu a previsão de chuva para o mês. A expectativa caiu de 84% para 79% em relação à média histórica de chuva nos reservatórios da Região Sudeste durante este período. Em Goiás, o reservatório Serra da Mesa, a maior reserva de água doce da América Latina, está com apenas 9% de sua capacidade de armazenamento.

É momento de alerta para o setor de energia do país e quando o nível dos reservatórios está baixo, o setor elétrico recorre às termelétricas para suprir a demanda de energia e garantir a segurança do sistema. Porém, a energia gerada pelas termelétricas é mais cara e por isso são acionadas as bandeiras tarifadas, que servem também como aviso ao consumidor sobre as condições de abastecimento das represas, estimulando a economia de água e energia.

Porém, além da conta de luz mais alta ao final do mês, o consumidor precisa ficar atento a outro fator pouco discutido. O acionamento do sistema de termelétricas pode provocar sobrecarga de energia fornecida, chegando até a danificar a aparelhos domésticos mais sensíveis, como TVs LED, videogames e computadores. O engenheiro elétrico e CEO da TS Shara, fabricante de equipamentos de proteção e energia,  Pedro AL Shara, explica quais cuidados os consumidores devem ter para preservarem seus equipamentos eletroeletrônicos. “Essa troca de sistema de geração de energia é muito delicada e pode gerar instabilidade na rede elétrica, provocando quedas de energia e danos aos aparelhos eletrônicos”, diz Pedro Al Shara, CEO da TS Shara.

Para evitar esse tipo transtorno é importante manter em casa nobreaks e estabilizadores que ajudam a proteger seus equipamentos de qualquer inconsistência na rede elétrica. O nobreak oferece energia adicional para realizar o desligamento seguro do aparelho, além de proteger contra curto circuitos, picos de tensão, sub e sobretensão e descarga de bateria. A TS Shara oferece uma ampla linha de nobreaks para uso doméstico e SOHO (small office/home office) com potência a partir de 500VA. Já os estabilizadores, como o próprio nome diz, ajudam a estabilizar a tensão caso aconteça alguma alteração na rede elétrica, transformando as tensões altas e baixas em constantes e estáveis.

Além dos efeitos imediatos com o acionamento das termelétricas, este período de estiagem também causa preocupações a longo prazo, já que os reservatórios ainda estão se recuperando da forte crise hídrica de 2015. “Quando os reservatórios atingem níveis muito baixos, podem ocorrer desligamentos emergenciais no abastecimento de energia, provocando os apagões. Essa interrupção causa grandes prejuízos para todos consumidores, afetando principalmente o setor industrial”, alerta o CEO da TS Shara. Shara.

Sobre a TS Shara
Com 27 anos de atuação, a TS Shara é uma empresa nacional, fabricante de nobreaks, estabilizadores de tensão, filtros de linha, autotransformadores e protetores de rede inteligentes. No segmento de baixa e média potência, é hoje uma das maiores e mais produtivas empresas no mercado brasileiro de equipamentos de proteção e energia, oferecendo uma linha completa de produtos que somam mais de 600 itens para atender o mercado SOHO.

Com fábrica em São Paulo, a empresa está presente em todo o país por meio de 250 unidades de assistência técnica, além de revendedores e distribuidores que juntos totalizam mais de 380 canais, além de exportar para mais de 15 países.

Todos os produtos fabricados pela TS Shara passam por um rigoroso controle de qualidade e são homologados em importantes centros de pesquisas e desenvolvimento, como o laboratório da TÜV Rheinland, acreditado pelo Inmetro. A TS Shara possui ainda importantes reconhecimentos, entre eles, o Certificado de Qualidade de acordo com a norma ISO 9001, que a empresa mantém há mais de dez anos.

Informações para imprensa:
Capital Informação
Tel: (11) 3926-9517/ (11) 3926-9518

Equipe de Atendimento:
Adriana Athayde – adriana@capitalinformacao.com.br
Ihanna Barbosa – ihanna@capitalinformacao.com.br
www.capitalinformacao.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *