Saiba como evitar os transtornos que as chuvas de verão causam na rede elétrica

Estabilizadores e nobreaks mantêm a energia elétrica constante, impedindo consequências negativas advindas de blecautes e equipamentos queimados

Apesar das altas temperaturas que a estação mais quente do ano apresenta, existem outros transtornos ligados ao verão, como é o caso das fortes chuvas que acontecem em boa parte do Brasil. Além do perigo das inundações, o que faz com que famílias e empresas percam seus bens materiais e a população em geral seja prejudicada por conta das dificuldades de transporte, os temporais também trazem preocupações por conta das quedas de energia. É possível, porém, com simples hábitos, evitar muitos desses transtornos.

Quedas de árvores, postes e cabos de energia ocasionadas por fortes chuvas são comuns na estação mais quente do ano. Só na terceira semana de dezembro, a central de serviços do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais registrou pelo menos 20 ocorrências na região do Rio Guaxupé, relatando a queda de árvores e a interrupção no abastecimento de energia. Outra situação similar aconteceu em Curitiba após um forte temporal na mesma semana, que segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel) resultou em cerca de 55 mil casas sem luz.

Quedas de energia podem afetar equipamentos eletroeletrônicos de diversas maneiras. Para impedir qualquer tipo de prejuízo, existem alguns dispositivos que ajudam a otimizar a rede elétrica em situações de risco. “A partir do momento em que se investe em nobreaks e estabilizadores de tensão, os eletroeletrônicos ficam protegidos de inconsistências de energia – algo muito comum nesse período do ano. O risco também é diminuído sensivelmente em caso de curtos-circuitos e outros problemas”, afirma Pedro Al Shara, CEO da TS Shara.

O nobreak auxilia nessa situação fornecendo energia extra até o momento do desligamento seguro do equipamento a ele conectado, sem que seu funcionamento após a retomada da corrente elétrica seja prejudicado. O dispositivo também é útil em outras situações, já que protege contra curtos-circuitos, picos de tensão, descarga de bateria e sub e sobretensão.

Outro equipamento que ajuda a manter qualquer dispositivo que dependa da eletricidade mais seguro, sobretudo no verão, é o estabilizador de tensão. Caso a rede elétrica passe por alguma instabilidade, o aparelho corrige a tensão: ao invés dos picos de energia, o que chega ao utensílio é a rede constante e estável – o que impede alterações bruscas no funcionamento e mantém a segurança. “Em algumas situações, a rede elétrica não pode ter o fornecimento interrompido sob nenhuma circunstância, e até mesmo uma instabilidade pode ser prejudicial, como acontece em alguns setores, como o médico-hospitalar, indústria farmacêutica, automobilística, datacenters, etc”, pontua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *