Saiba como proteger os equipamentos dos raios

Consumidor deve redobrar os cuidados com a segurança dos equipamentos elétricos e eletrônicos no Verão, época do ano com maior incidência de raios. Saiba como proteger equipamentos eletrônicos de raios e quedas de energia

É no período da Primavera-Verão, entre os meses de outubro a março, que os consumidores devem ficar atentos com a proteção dos equipamentos e dispositivos elétricos e eletrônicos. Nessa época do ano aumenta a incidência de raios, porque o Brasil é o maior país da zona tropical, onde o clima é mais quente e, assim, mais favorável à formação de tempestades. Ao todo, 50 milhões de raios atingem o país por ano. Para se ter uma ideia da gravidade do problema, estimativas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apontam que os raios, além de provocarem a morte de mais de 130 pessoas por ano, causam prejuízo de aproximadamente R$ 1 bilhão à economia brasileira. São Paulo é o Estado que mais registrou mortes no país (248) nos últimos 10 anos.

O engenheiro elétrico Jamil Mouallem, diretor Comercial e de Marketing da TS Shara, empresa especializada em sistemas de proteção de energia, afirma que além dos raios as quedas de energia também podem danificar os aparelhos eletrônicos, seja de uso corporativo ou doméstico, como TVs, DVDs, Home Theaters, computadores, impressoras, modens, roteadores entre outros, caso não estejam protegidos por dispositivos apropriados. “Os investimentos em produtos de proteção de energia de maneira geral não chegam a 5% do valor dos prejuízos causados por raios ou surtos de tensão em residências ou comércios”, esclarece.

O especialista da TS Shara comenta ainda que as variações de tensão na rede elétrica também provocam avarias aos equipamentos e na maior parte dos casos, são imperceptíveis aos usuários imediatamente, pois os componentes são afetados lentamente, diminuindo sua vida útil.

Proteção: confira algumas dicas simples para diminuir prejuízos e evitar que eletrônicos “queimem”:

– Em caso de falta de energia, o ideal é desligar todos os equipamentos sensíveis – por exemplo, computadores, televisores, aparelhos de DVD e de som da tomada. A medida também é recomendada em casos de variação da tensão – quando a energia não chega a cair completamente e oscila entre altas e baixas tensões.

– No caso de descargas elétricas por raios, é recomendável instalar dispositivos de proteção contra surtos de tensão (DPS). Também existem DPSs que podem ser instalados diretamente na tomada utilizada por equipamentos sensíveis, como computadores.

– Além deles, há os nobreaks, equipamentos que protegem contra a sobretensão e têm bateria própria que mantém o computador ligado.

– Os protetores antirraios também protegem de maneira eficiente qualquer aparelho eletrônico ou de informática a ele ligado, contra descargas atmosféricas (raios), picos de tensão, sobrecarga e curtos-circuitos. O equipamento também tem a função de proteger os pontos de energia (tomadas) contra sobrecargas de equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *